smartiks-plus-logo-branco.png

SmartAlarms

Solução para realizar diagnósticos em tempo real de falhas em equipamentos localizados em redes de transmissão e geração de energia elétrica. Os diagnósticos são realizados através de uma correlação entre os eventos gerados pelas UTRs (Unidade Terminal Remota) e recebidos pelo sistema SCADA instalado nas Subestações e Centros de Operação.

O SmartAlarms é resultado de um P&D ANEEL entre CHESF e a UFCG. A Smartiks oferece serviço de suporte e evolução mediante contrato de licenciamento.

BENEFÍCIOS

Redução do tempo de resposta do operador em face a situações críticas

Redução do tempo de recomposição de ocorrências no sistema elétrico

Melhoria qualidade do serviço oferecido

VANTAGENS

Aumento da competitividade da empresa

Aumento dos lucros da empresa

PRINCIPAIS RECURSOS

Diagnósticos Gráficos e Textuais

Equipamentos são destacados visualmente em ambiente web rico e interativo.

Explicação de Diagnósticos

Explicação apresentando quais proteções atuam e quais disjuntores abriram.

Interface Gráfica semelhante a do SCADA

As telas do Smart são geradas a partir das telas do SCADA, o que garante sua fidelidade.

Acesso Corporativo

Permite que qualquer usuário da rede corporativa tenha acesso às telas do SCADA sem que seja necessário um software adicional.

Avalanche de alarmes

Filtro interno detecta potenciais avalanches de alarmes, evitando que diagnósticos sejam gerados incorretamente.

Diagnósticos em tempo real de perdas de supervisão

Indica em tempo real que subestações estão indisponíveis e por quanto tempo. O cálculo é baseado na perda de comunicação de pontos digitais e analógicos.

A técnica utilizada consistiu em uma evolução do modelo convencional baseado em regras para um modelo baseado em regras genéricas. Diferentemente do convencional, onde as regras são aplicadas sobre equipamentos específicos, as regras genéricas são aplicadas sobre classes de equipamentos. Para exemplificar, ao invés da regra ser aplicada a uma determinada linha de transmissão, ela é aplicada sobre a classe de equipamento ‘linha de transmissão’. Além disso, a técnica se apóia no conceito de conectividade, isto é, a regra não menciona a posição das chaves e disjuntores de uma determinada linha de transmissão, mas apenas se a linha está ou não conectada a algum equipamento energizado.

Como funciona a base de regras?

Prêmios & Patentes

  • A técnica Inteligente de Correlação de Alarmes foi patenteada no Brasil e em vários países na Europa.
     

  • O sistema Smart Alarms obteve o primeiro lugar na categoria Tecnologia no I Prêmio Chesf de Inovação e Melhoria.
     

  • Prêmio de melhor trabalho em diversos congressos nacionais e internacionais.